Pastor faz sessão de exorcismo e colocar demônios em uma garrafa de refrigerante

pastor-demônio-garrafa

Um pastor evangélico que se identifica como Waldecy Ferreira publicou no YouTube vídeos nos quais ele aparece expulsando demônios e, supostamente, os aprisionando em uma garrafa de refrigerante. Nos vídeos, gravados dentro de uma pequena igreja, o religioso afirma ter o poder para ordenar que os supostos demônios saiam da fiel e fiquem presos dentro da garrafa, antes de ele os mandarem de volta ao inferno.

A igreja onde as cenas foram filmadas não foi identificada no vídeo, que não mostra placas com o nome da denominação, que também não aparece na descrição do vídeo. Publicados a cerca de um ano, os vídeos do pastor Waldecy Ferreira ganharam força recentemente nas redes sociais.

Em um dos vídeos publicados por Ferreira, ele pede para os obreiros o filmarem expulsando demônios de uma fiel que aparece de costas falando com a voz grave e fazendo sons guturais. Quando o religioso conta até três, realizando o ritual de exorcismo, a mulher volta a conversar normalmente. Para comprovar que realmente tem o poder de dar ordem aos demônios, o pastor “devolve” os demônios para o corpo da mulher em um dos vídeos. A gravação não mostra se o religioso “expulsou” os demônios novamente.

No vídeo, o pastor ainda critica membros de outras denominações evangélicas, afirmando que eles estariam tentando “roubar” os fiéis de sua igreja. Ele afirma ainda que nenhum seminário ensina a fazer o que ele faz, e que uma “carteira de pastor” não concede este tipo de poder.

No blog Púlpito Cristão, o pastor Renato Vargens criticou a prática filmada pelo pastor Ferreira afirmando que “a capacidade de misturar o Evangelho de Cristo com crendices é absurda”, e lembrando de lendas e contos populares sobre demônios sendo presos em garrafas.

– Caro amigo, diante disto lhe pergunto: Que Cristianismo é esse? Que evangelho é esse? Que doutrinas são estas? Ora, esse não é e nunca foi o evangelho anunciado pelos apóstolos. Antes pelo contrário, este é o evangelho que alguns dos evangélicos fabricaram! Infelizmente, a Igreja deixou de ser a comunidade da palavra de Deus cuja fé se fundamenta nas Escrituras Sagradas, para ser a comunidade da pseudo-experiência, do dualismo, do misticismo e do maniqueísmo e da venda de indulgências – criticou Vargens.

Milagre ciclista escapa da morte

0foto

O ciclista estava atravessando para o outro lado, mas parou no meio da rua e foi atingido em cheio pelo primeiro carro, que não parou para prestar socorro. Dez segundos depois, passou o segundo. Pessoas que passavam pelo local foram em socorro da vítima e fizeram sinais para parar o trânsito. Um veículo parou, mas acabou atingido pelo que vinha atrás e foi o terceiro a atropelar o homem.

Avião com mais de 162 a bordo some entre Indonésia e Cingapura

familiares-dos-passageiros-do-voo-8501-da-airasia-aguardam-no-aeroporto-de-juanda-indonesia-informacoes-sobre-o-aviao-que-esta-desaparecido-a-aeronave-partie-de-juanda-em-direcao-a-cingapura-e-levava-1419750435554_615x3
  • Familiares dos passageiros do voo 8501 da AirAsia aguardam informações no aeroporto de Surabaia, na Indonésia, de onde a aeronave partiu em direção a Cingapura

As autoridades da aviação civil da Indonésia perderam o contato neste domingo (28) com um Airbus 320-200 que voava da cidade de Surabaia, na ilha de Java, até Cingapura com 162 pessoas a bordo, sendo 155 passageiros e sete tripulantes.

A aeronave desapareceu quando sobrevoava a região a sudoeste da ilha de Bornéu.

O avião pertence à frota da companhia aérea AirAsia, corresponde ao voo QZ 8501, tem o número de registro PK-AXC e decolou de Surabaia às 5h20 hora local com previsão de aterrissar em Cingapura às 8h30 (22h30 de sábado em Brasília).

O Ministério de Transporte indonésio informou que o contato foi perdido por radar com a aeronave cerca de 40 minutos após partir.

De acordo com a AirAsia, havia no avião 156 indonésios, três coreanos, um malaio, um cingapuriano e um francês. Entre os passageiros, havia 16 crianças e um bebê.

Segundo um funcionário da Agência Nacional de Busca e Resgate da Indonésia ouvido pelo jornal “Jakarta Post”, as equipes trabalham com a possibilidade de o avião ter caído sobre o mar.

Piloto relatou mau tempo

Segundo o Ministério de Transporte da Indonésia e a AirAsia, o piloto do avião solicitou à torre de controle uma mudança de rumo devido ao mau tempo.

Um porta-voz do ministério disse que o piloto do Airbus, que voava cerca de 32 mil pés de altura (9,76 quilômetros), pediu permissão para subir até os 38 mil (11,59 quilômetros), segundo o diário local “Jakarta Globe”.

O porta-voz disse que esta solicitação aconteceu às 6h12 hora local, menos de uma hora depois de decolar.

A AirAsia confirmou o pedido e assinalou que se deveu ao mau tempo e que aconteceu “antes que a comunicação com o avião se perdesse, quando ainda estava [em contato] com a torre de controle aéreo da Indonésia”.

Um Boeing 737 da Força Aérea da Indonésia, seis navios e três helicópteros participam da operação de busca e resgate.

Contudo, o mau tempo tem dificultado as operações de busca, realizadas em uma área de quase 200 quilômetros quadrados. A visibilidade no local, segundo a Marinha, varia entre dois e 5 quilômetros.

A zona de rastreamento se centra na ilha de Belitung e nas águas de seu entorno.

“Primeiro vamos supervisionar a região e se encontramos um objeto então avisaremos a Agência Nacional de Busca e Resgate [que fornece as embarcações e helicópteros]. Suspeitamos que o avião desaparecido possa estar nessas águas”, declarou o porta-voz da Força Aérea, Hadi Tjahjanto.

Belitung fica em frente à costa sudeste de Sumatra e a sudoeste da ilha de Bornéu, e compreende uma superfície de 4.800 quilômetros quadrados formados por montanhas e terreno inclinado.

Avião desaparecido em março

Um avião da companhia aérea Malaysia Airlines com 239 pessoas a bordo que viajava de Kuala Lumpur para Pequim desapareceu em 8 de março de 2014 e não se voltou a saber dele.

Os investigadores acreditam que o voo MH370 foi desviado de seu rumo e acabou caindo por falta de combustível em um lugar remoto do sul do oceano Índico. (Com agências internacionais)

Menina levanta de seu funeral vejam o video

Menina-levanta-do-caixão-em-seu-funeral

Um dos presentes no local filmou um dos parentes da menina no momento em que a retirava do caixão e a expressão no rosto das pessoas e postou o vídeo no YouTube. O episódio é descrito como um “milagre”.

Ela havia sido declarada morta na última sexta-feira, às 9h, e o velório ocorrera na manhã deste sábado. Vejam o video

Cristão perseguidos Será que você está pronto

cristiani-1

Cristão perseguidos Será que você está pronto
Enquanto a guerra civil continua arrasando a Síria, multiplicam-se os relatos de ataques de muçulmanos jihadistas a cidades predominantemente cristãs. O país está vendo desde 2011 a tentativa de extermínio do cristianismo ser o alvo principal dos guerrilheiros rebelde.

Quem for pego com Bíblia Sagrada sofrerá pena de morte na Arábia Saudita

MUÇUMANO

A perseguição religiosa contra cristãos na Arábia Saudita ganhou contornos mais extremos com a promulgação de uma lei que prevê a pena de morte para quem portar uma Bíblia.

A medida, indireta, faz parte de uma série de mudanças na legislação do país, é uma forma de atender às exigências da Sharia, lei muçulmana que é usada pelos governantes da Arábia Saudita como inspiração para as leis civis.

A pena prevista para quem for pego com uma Bíblia Sagrada é a morte, de acordo com informações da missão Heart Cry (“clamor do coração”, em tradução livre).

A medida foi implementada quando o governo alterou a legislação da importação de drogas ilegais e incluiu um artigo sobre literatura, prevendo que “todas as publicações de outras crenças religiosas não islâmicas e que tragam prejuízo” devem ser combatidas.

Na prática, tornou-se proibido entrar com Bíblias na Arábia Saudita, e quem for pego com um exemplar das Escrituras Sagradas do cristianismo deve ser condenado à morte por contrabando.

Na Arábia Saudita, país de maioria islâmica, o cristianismo é restrito a alguns estrangeiros que lá vivem, e as poucas igrejas existentes são pequenas e sem ligação com grandes ministérios internacionais.

Existe o temor de que, dessa forma, o plano para erradicar o cristianismo na Arábia Saudita alcance êxito, segundo informações do portal WND.
Compartilhar

A Missão Portas Abertas divulga anualmente uma lista com os países que mais perseguem cristãos, e a Arábia Saudita figura na sexta colocação de piores nações para a divulgação do Evangelho.

“Se os muçulmanos verdadeiramente tivessem confiança que sua religião é verdadeira, não teriam medo de pessoas que leem a Bíblia”, comentou o teólogo Joel Richardson, autor de diversos livros sobre o islamismo.

Governo indiano afirma que Dia 25 de dezembro é dia de perseguir cristãos

100milhoessofrempersegui_o

A comemoração do nascimento de Cristo, data comemorada por cristãos em todo o mundo, sempre foi alvo de perseguição por parte de muitos grupos na Índia. O governo declarou que neste dia pelo menos quatro mil cristãos terão de se converter ao hinduísmo.

O governo da Índia declarou que 25 de dezembro deve ser comemorado como o “Dia dos Bons Governantes”’ porque esta data passa a homenagear Atal Bihari Vajpayee (ex-primeiro – ministro da Índia, fundador do Janta Partido Bharatiya), bem como o de Pandit Madan Mohan Malaviya (educador indiano e político, conhecido por seu papel no movimento de independência da Índia e sua adoção de nacionalismo hindu).

As escolas terão que organizar um concurso de redação nos dias 24 e 25 de dezembro. Os temas serão divulgados no dia 23 de dezembro. Vários diretores de escolas expressaram sua preocupação com este assunto, argumentando que o plano seria injusto para os estudantes cristãos. Além disso, o plano também iria interferir com a programação de férias regulares da maioria das escolas que iniciam no dia 24 de dezembro ou 25 de dezembro, em virtude do início do inverno.

No dia de Natal, lembre-se de orar pelos cristãos perseguidos pelo governo da Índia que parece ter inúmeras estratégias para desencorajar o cristianismo no país.

Ataque em igreja mata pelo menos mais de 70 cristãos no Paquistão

homem-bomba-pasquistao-320x160

Pelo menos 70 pessoas morreram e mais de 120 ficaram feridas neste domingo, 22 de setembro, em um duplo atentado realizado em frente a uma igreja em Peshawar, no noroeste do Paquistão. O ataque ocorreu na saída de uma missa segundo, segundo as autoridades locais. Trata-se do pior ataque cometido contra cristãos no Paquistão, comunidade que representa 2% da população deste país de maioria muçulmana.

Um funcionário da prefeitura de Peshawar disse à imprensa que as bombas explodiram logo após o fim da missa. “A maioria dos feridos está em situação crítica”, declarou o Sahibzada Anees. Nazir Khan, professora de 50 anos, disse que a missa havia terminado e que 400 fiéis estavam saindo da igreja quando ocorreu uma primeira explosão.

“Uma enorme explosão me lançou no chão e assim que recuperei meu sentidos, uma segunda bomba explodiu”, disse Khan à AFP. O funcionário declarou que dois homens-bomba são os responsáveis pela tragédia.

O atentado ainda não foi reivindicado. A região de Peshawar sofre com as constantes ações de grupos rebeldes talibãs. Desde 2007, 6 mil pessoas já morreram no noroeste do país devido à atividade dos extremistas islâmicos.

A minoria cristã do Paquistão, onde 95% da população é muçulmana, vive marginalizada e enfrenta discriminação social, por vezes violenta. Entretanto os cristãos raramente são alvo de atentados.

“Nós estamos em uma zona que é alvo potencial para os terroristas, e medidas especiais haviam sido tomadas para proteger esta igreja. Nós ainda estamos na fase de socorros, mas quando ela estiver concluída, vamos investigar o que não foi feito corretamente”, afirmou Anees.

1 2 3 15